A Mãe de Todas as Mentiras

7 comentários sobre “A Mãe de Todas as Mentiras”

  1. Sou engenheiro agrônomo em rio verde, concordo com tudo isso. Por isso que estou mudando minha consultoria, tentando substituir o glifosato pelos herbicidas utilizados em soja convencional. E ainda estamos substituindo os produtos químicos e usando produtos biológicos produzidos nas fazendas.
    Tudo por uma agricultura com menos químicos e lucrativa.

    Abraços e parabéns pela postagem.

    Curtir

  2. Tenho lido seus textos, e alguns são bem interessantes, porém coloco em discussão.
    Se usamos 450 milhões de toneladas por ano desse produto, não haveria de ter milhares para não dizer milhões de pessoas com as doenças que dizem ser desencadeadas por ele? Glifosato é basicamente usado no campo, aonde não encontramos essas doenças ( Febre Amarela, a Zika, a Dengue e a Chikungunya) típicas das cidades. Moro no campo, não vejo ninguém do mato contaminado. Outra coisa, o plantio direto tem sido a salvação do Brasil, com incorporações cada vez maiores de Matéria Orgânica no solo devido à palhada propiciada pela dessecação das gramíneas. As erosões diminuíram sensivelmente pela mesma palhada. Então sem desmerecer o cuidado que temos que ter com os defensivos, infelizmente para produzir alimentos para essa massa cada vez maior de pessoas, fica difícil sem alguns recursos que infelizmente temos que adotar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s