Agricultura em Transição

6 comentários sobre “Agricultura em Transição”

  1. Muito bom artigo, meus parabéns.
    Eu tenho reforçado o tema de Agricultura ser para Agricultor e Agronegócio, para os demais da cadeia que não padecem de todos os riscos inerentes à atividade.
    Cada vez mais o viés de tudo pela riqueza (Pró PIB) tem criado uma cegueira generalizada – e os recursos se concentram na mão de poucos – .O físico James B. Glattfelder, em sua palestra no TED talk – “QUEM CONTROLA O MUNDO” – mostra bem a teia das transações economicas mundiais , também relatado no Livro da economista KATE RAWORTH – “Economia Donut” :
    Vulnerabilidade economica mundial – 0,1% dos acionistas são proprietários de 80% das ações de empresas transnacionais !
    Em resumo 737 acionistas em todo mundo ( Maioria USA e Reino Unido) detem 80 % das corporações transnacionais e resumindo mais ainda, 146 acionistas (0,023%) detem 40% das ações.
    Não creio que a vulnerabilidade venha de agora…mas somente agora está sendo tão exposta.
    Está na hora de cuidarmos bem de nosso “terreiro”!

    Márcio Aliomar Alves
    marcio@sabhya.com.br
    (66) 99615-4381
    Primavera do Leste-MT

    Curtir

    1. Olá Fernando,

      Excelente pergunta.

      De acordo com o Neal Kinsey que foi aluno direto do Dr Albrecht, a ideia de corrigir
      o solo com as proporções por ele propostas de Ca, Mg e K, veio exatamente da fração
      humica do solo. Ele simplesmente com essa correção pretendia expandir essa relação
      a todo o solo já que considerava a fração humica a fração mais fértil do solo.

      Sendo assim, eu creio que o chamado “Humus” de minhoca deve ter uma relação bem próxima
      as proporções preconizadas pelo Albrecht.

      Outra curiosidade, a analise de solos feita pela Embrapa da Terra-Preta-de-Índio da região Amazônica
      que eu vi e que está publicada em um dos trabalhos de um livro publicado pela mesma Embrapa, sobre
      esse assunto, tinha as mesmas proporções preconizadas por Albrecht.

      Não é interessante que a própria Natureza está a nos mostrar o caminho a ser seguido mas estamos
      sempre ligados ou subordinados a conceitos emanados por “cientistas” dessa ou daquela instituição ?

      Como diria o próprio Albrecht, leia os livros e observe a Natureza. Se o livro não concordar com a Natureza
      jogue o livro fora.

      Abs

      Jose Luiz

      .

      Curtir

  2. Boa noite, Dr. José Luiz
    A aplicação dos seus conhecimentos e técnicas preconizadas em uma única fazenda de forma plena e organizada deve ser uma realização, e os resultados animadores, parabéns.
    Como avaliou a comparação entre os resultados da análise do solo feita nos EUA e no IBRA?Podemos nos basear?
    Poderia nos informar quais forrageiras compuseram os coquetéis utilizados nas pastagens?
    Felicitações por mais este brilhante artigo.
    Obrigado.
    Abraço.

    Curtir

    1. Boa Noite

      Na maioria das vezes os resultados daqui do IBRA saem abaixo dos
      resultados do Kinsey Ag Labs.
      Para cada mineral existe um fator de correção. O Boro, por exemplo
      foi o que variou mais sendo na média 2.2 vezes menor.
      O Cálcio teve uma diferença de 30% para menos nos resultados do IBRA.
      E assim por diante.

      Com relação ao coquetel escolhido demos preferência espécies de sistema
      radicular robusto e com capacidade para quebrar a camada endurecida, espécies com
      características forrageiras ( e isso exclui as Crotalarias spectabilis e ocroleuca),
      espécies fixadoras de nitrogênio e de boa produção de massa verde.

      Attn

      Jose Luiz

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s